XilografiaComp01a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Arte > Artes Grárficas > Gravura > Técnicas > Em Relevo
Xilografia - I
Material:
(A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos).
Cuidados e Sugestões
(Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes).
Formão, goiva, faca etc.
Madeira compensada de 5 mm de espessura.
Suporte de trabalho (deve ser feito com madeira maciça).
Lixa fina para madeira.
Tecido que não solte fibras macio.
A produção de matrizes para Xilografia deve ser feita por alunos maiores, preferencialmente após a 7ª série. As ferramentas usadas são extremamente perigosas, por serem muito afiadas.
Não trabalhar com as carteiras alinhadas em fila, ou seja não permitir que um aluno fique a frente de outro. Esta atitude poderá evitar acidente.
Usar madeira compensada de excelente qualidade.
Nunca realizar a produção de uma matriz em local com iluminação precária.
Orientar o aluno para nunca utilizar a ferramenta na direção do seu corpo ou de um colega.
Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto. 
Pré-produção (Antes)
1. Como esse trabalho não deve ser desenvolvido com crianças é importante destacar aos mais velhos que estas ferramentas cortam e podem causar acidentes. Proporcionar uma pesquisa sobre os materiais e principalmente as ferramentas, por exemplo: Como são fabricadas? Onde utilizá-las e como? Por quem são mais utilizadas? Possibilita reciclagem?
Os restos de madeira trazem algum dano à natureza?
A partir desta pesquisa, proporcionar debates e discussões antes do início do trabalho.
Produção (Durante)
2. Nesta etapa, o professor deverá estar atento aos problemas encontrados pelos alunos e não apenas responder ou dar a solução, mas incentivar a pesquisa. Orientar que o corte deve ser realizado sempre para o lado oposto ao corpo. Muitos erros surgirão.
Durante o trabalho observar com atenção para evitar erros fatais, para isso, conscientize o aluno da importância da concentração, paciência e evitar brincadeiras que possam levar a erros e até acidentes. Nesta proposta o erro grave não terá solução.
Pós-Produção (Depois)
3. A discussão, exposição das matrizes, impressos, participação em debates, seminários, se possível abertos à comunidade escolar ou entre escolas.
Alega-se falta de verba, mas a realização de congressos interescolares trariam grandes possibilidades para a construção do conhecimento.
Pelo menos uma discussão sobre o projeto, bastante crítica, deve ser feita e quando outras novas soluções surgirem deverão ser abertas a novas discussões.
PROCESSO (FASE A)
Tenha todos os materiais em mãos antes de iniciar o trabalho.
1. São vários os tipos e tamanhos das ferramentas, acima alguns exemplos: Da esquerda para a direita - Goiva (1, 2, 4 e 7); Goiva em "V" (3 e 6); Formão (8, 9 e 10) e Faca (5).
2. Lixar as laterais da madeira compensada.
3. Colocar o suporte de trabalho a sua frente e sobre ele a madeira.
4. Desenhar sobre a madeira a imagem ou texto que deseja reproduzir. É importante lembrar que este deverá estar espelhado (invertido).
5. Inicie o trabalho entalhando (retirada da madeira) as áreas que não receberão tinta.
6. Ao terminar de retirar a madeira das áreas que serão baixas fazer uma prova para verificar se tudo está certo. Caso esteja tudo bem poderá fazer as cópias, mas se precisar de retoques ou correções agora é o momento. Normalmente as correções são necessárias.
7. Ao terminar de entalhar, limpar bem a superfície da matriz, com o pano macio e lixar onde houver farpa. Com outro pano limpar novamente até a retirada de todo o pó deixado pela lixa.
Voltar para o conteúdo