TntÓleo01b - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Arte > Artes Plásticas > Pintura

PINTURA - TINTA A ÓLEO II

Material

• A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos.

Cuidados e Sugestões

• Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes.

  • Tinta a Óleo, cores: Azul Celeste, Vermelho, Amarelo, Pele, amarelo ocre, terra sombra queimada, mais o branco de titânio e o preto.

  • Pincel número 10, Chato.

  • Pincel número 4, roliço.

  • Solvente para tinta a óleo.

  • Terebintina.

  • Pano para limpeza.

  • Pote ou copo para limpeza dos pincéis.

  • Suporte: tela, madeira ou papel.

  • Esta técnica não é recomendada para crianças, principalmente aquelas que tem alergia.

  • Esta proposta tem como finalidade entender as probabilidades de uso desta técnica de pintura.

  • Não usar sobre suportes plastificados.

  • Evitar trabalhar sob ação direta da luz solar.

  • Papeis mais encorpados proporcionarão melhores resultados

  • A tela poderá ser comprada pronta ou montada pelos alunos.

  • Os alunos poderão também produzir sua própria tela.

  • É necessário o uso de cavalete ou carteira com pelo menos 45º de inclinação.

  • Fazer testes de mistura é imprescindível para a realização posterior de uma pintura.

  • Os testes de cores aqui apresentados são meros exemplos, por esta razão procure testar o maior número de cores.

  • É importante guardar as pranchas de testes com o nome das cores que deram origem às misturas.

  • Fazer a mistura usando o pincel chato e o roliço, em espaços diferentes e observar as diferenças entre as misturas.

  • Fazer misturas, em espaços diferentes, com pincéis de número diferente e analisar os resultados.

  • Não objetivamos a formação de artistas ou professores, mas sim proporcionar um trabalho mais dinâmico e proveitoso.

  • Este trabalho é excelente para ser feito em conjunto entre as disciplinas de Arte e de Ciências. Os resultados proporcionam estudo avançado de mistura e reação química.

Processo

É importante lavar o pincel antes de adicionar uma nova cor ou tom de uma já trabalhada.
1. Observar a sequência das pranchas e cada uma das misturas.

2. As cores acima misturadas produzem tons bastante variados e de qualidade. Todas as misturas tiveram o vermelho como cor base.


3. Neste caso o amarelo ocre é a cor base. Você pode observar que a gama de tons é bem variada e que poderá ser utilizada em qualquer pintura.

4. O azul-da-prússia produz tons mais neutralizados, ótimos para sombras, sejam elas próprias ou projetadas ou para criar áreas matizadas nos elementos que compõem uma pintura.

5. O branco é a base para este teste, com exceção de dois exemplos, o do centro e o da direita acima. Em todos os casos existe a neutralização.

Voltar para o conteúdo