TntColaBranca01b - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Como Fazer > Tinta Fabricação > Fab Tinta

TINTA A BASE DE COLA BRANCA II

ATENÇÃO

1. Todos os pigmentos e as tintas das nossas receitas usam como conservante o vinagre branco de cozinha, mas é possível usar conservantes químicos. No primeiro caso é menos provável ocorrer intoxicação ou alergia por ser menos tóxico que os conservantes químicos. Portanto se optar por conservantes químicos não usar a tinta com crianças menores de dezesseis anos de idade.
2. Os corantes químicos, como os a base de chumbo, alumínio, cobre e outros produtos químicos, são altamente tóxicos e residuais, por este motivo recomendamos os corantes alimentícios. O uso de corantes ou pigmentos químicos deve se restringir apenas aos cursos técnicos do ensino médio e superior.

Material

A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos.

Cuidados e Sugestões
Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes.

  • Duas partes de cola branca.

  • Uma parte de argila peneirada e limpa, bem fina.

  • 1/2 parte de glicerina.

  • Uma vasilha de plástico ou vidro para o preparo da tinta.

  • Embalagens de vidro ou plástico, com tampa que vede bem, de boca larga. Vidros de maionese de 250 g são ideais. Um para cada cor.

  • Esta tinta é ideal para trabalho com crianças pequenas e quando a comunidade escolar é muito carente, pois é produzida a baixo custo.

  • Após a produção é recomendável armazenar em embalagem de vidro ou plástico com tampa que vede bem.

  • Quando for usada deve ser diluída em água. Não deixar a embalagem aberta enquanto pinta.

  • Lavar bem os materiais e pincéis após a fabricação da tinta.

  • É importante que seja usado um avental de plástico e luvas do mesmo material.

  • A quantidade de corante, pigmento ou corante alimentício vai variais de acordo com a cor e tom desejado.

  • Usando menor quantidade de corante se obtém um tom mais claro da cor ou neutro.

  • Quanto mais corante é adicionado à tinta mais escuro será o tom.

  • Não é comestível.

  • É uma tinta que poderá ser diluída, mas sua principal aplicação é na pintura com os dedos ou espátulas.

  • É recomendável que se use argila de tom acinzentado e claro.

Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto.

Pré-produção (Antes)

1. A produção de tinta em um projeto proporciona discussões e pesquisas bastante interessantes, uma vez que poderão ser iniciadas na Pré-história e culminar em nossos dias. São estas possibilidades que permitem o engrandecimento de um projeto, pois não é o ato de produzir por produzir, mas é o de produzir e utilizar, pesquisando, aprendendo e pesquisando, sempre seguido de discussões, seja nos momentos de acerta e também quando não acontece.
Toda produção de tinta envolve de maneira integrada aula de Português, Matemática, Ciências, História, Geografia, Artes etc.

Produção (Durante)

2. Durante o processo é importante que seja pesquisada a origem dos materiais utilizados e seguidos de discussões e debates.
Como sugestão propomos que a sala seja dividida em grupos de no máximo três pessoas e cada grupo ficará responsável por uma cor da tinta e um grupo pelo preto.
Discuta a finalidade da tinta e que ela não é feita para sujar espaços públicos, mas sim criar um ambiente mais limpo e agradável.
Faça uma análise do que é pichação e quais são os males proporcionados por ela.

Pós-Produção (Depois)

3. Debates, exposições, seminários, feiras onde o aluno além de expor os trabalhos realiza em público a produção de tinta. É bastante interessante que sejam convidados pessoas da comunidade escolar, de órgãos públicos, como das delegacias de ensino etc.

Tenha em mãos todos os materiais antes de iniciar o trabalho.

PROCESSO

1. Limpar e peneirar a argila antes do uso, pois não deverá ter areia misturada. Colocar a argila na vasilha de plástico e espalhá-la. Despejar a cola branca e amassas com as mãos até que tenha uma mistura de coloração homogenia.
2. Então misturar a glicerina e da mesma maneira, amassar até que ela se integre à massa.
3. Adicionar o corante gradativamente, sempre mexendo, até a obtenção de uma massa homogênea, mas não se pode demorar muito para que a tinta não comesse a secar.
4. Colocar com a ajuda de uma colher a tinta produzida na embalagem de plástico ou vidro e tampar muito bem. Não usar embalagem de metal.
5. Armazenar em local que não seja quente, não sofra ação direta da luz solar, não seja poluído, contenha produtos químicos etc.
6. Colocar um rótulo ou etiqueta adesiva para identificar a cor e ou tom. Também a data de fabricação.

Voltar para o conteúdo