Televisão01a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Meios de Comunicação > Audiovisual

Informática Educativa
Áudiovisual

• A televisão por ser uma mídia audiovisual permite ao espectador a integração entre sons e imagens sincronizados. No entanto não é possível ocorrer uma interação. Tudo que é apresentado já foi criado por uma equipe e não permite interferência.
• Em determinada época a Rede Globo exibiu um programa denominado "Você Decide", que foi um sucesso de audiência, onde o espectador decidia o final da história entre duas ou até três opções. Na realidade não havia uma interação, mas sim uma opção por um final já pronto.
Com o advento da TV Digital essa possibilidade será cada vez mais possível. Condição que não existe nem mesmo nos países chamados desenvolvidos.


• Entendendo a Televisão:

A televisão precisa e faz uso de outras linguagens e técnicas artísticas para existir. Linguagens como as Artes Plásticas, Radiográficas, Cênicas, Cinematográficas, Multimídia etc. Das técnicas como o desenho, pintura, modelação etc.
Esta característica torna a televisão, bem como o cinema, uma linguagem bastante rica e completa. Condição que permite uma quantidade muito grande de elementos para a criação. Quando bem trabalhada essa forma de expressão proporcionará ao espectador um conjunto de leituras bastante amplo, rico e completo, a leitura midiática. Vale lembrar que a leitura da escrita também é uma leitura midiática.
A leitura varia de acordo com o tipo de programa, a qualidade, o grau de informação, o assunto/tema, a função, as linguagens utilizadas, os recursos eletrônicos etc.

• Classificação dos Programas:

As possibilidades de programas para exibição pela televisão são muito variada e levando em conta que poderão ser ao vivo (local ou em link externo) ou ainda gravados. A seguir alguns exemplos da classificação dos programas:
1. Adulto: Programas que são classificados e indicados apenas para adultos como Filmes, Documentários, Novelas, Esportivos, Programas de auditório...
2. Artístico: Novela, Filme, Vídeo filme, Animação, Teleteatro, Telecursos, Teledramaturgia, Entrevistas...
3. Científico: Filmes, Documentários, Telecursos, Telepalestras, Teleconferências, programa de auditório...
4. Cultural: Teleteatro, Documentário, Telecursos, Filme, Turismo, Programas de auditório...
5. Entretenimento: Todo programa que visa a descontração e lazer. Não tem grandes preocupações com a informação. Filmes, Teleteatro, Programas de auditório, Esportivos, Videoclipe, Entrevistas, Telenovela, Séries e Minisséries...
6. Esportivo: Telejornalismo, Noticiário, Jogos (ao vivo ou gravados), Teledebate, Eventos (Olimpíadas, competições etc.)...
7. Formativo: Telecursos, Telepalestras, Teleconferências, Culinária...
8. Infantil: Animações, Desenho animado, Programas de auditório, Documentários...
9. Informativo: Filmes, Documentários, Teledramaturgia, Telejornalismo, Culinária...
10. Jornalístico: Telejornalismo, Documentário, Programa de auditório, Entrevistas...
11. Juvenil: Videoclipe, Filmes, Teleteatro, Telenovela, Esportivos etc.
12. Lazer: Turismo, Competições, Curiosidades, Culinária...
13. Religioso: Missa, Cultos, Orientação Espiritual, Litúrgico...
14. Turístico: Telejornalismo, Viagens, Entrevistas, Telenovelas...
15. Variedades: Programas que tem em seu interior inseridos vários itens desta classificação, sem no entanto dar destaque para uma delas. Televariedades, Programas de auditório, Programas femininos, Curiosidades, Cultura inútil...


Esta classificação é apenas um referencial, pois em muitos momentos elas se misturam em função do tipo de programa, como visto acima.

— A Sala de Aula:

  • É esta riqueza de possibilidades que proporciona um meio bastante interessante para o trabalho em sala de aula, mas não é desperdício lembrar que todo meio de comunicação tem sua própria linguagem, portanto não podemos dizer que é um mero recurso. Esta fala, a de chamar as mídias de recurso, era muito comum entre 1960 e 1980, mas vem mudando. Era muito comum um professor que iria fazer um trabalho com uma das mídias afirmar que iria ser utilizado um recurso pedagógico visual (projetor de slides, super 8, filme, por exemplo), ou auditivo (como o gravador k-7, toca disco...).

  • As mídias transmitem uma informação ou mensagem completa dentro daquilo que são especificadas ou específicas.

  • A televisão possui suas características próprias e específicas que diferem das do rádio em muitos momentos. No entanto é importante relembrar que ambas fazem uso de outras linguagens ou técnicas.

  • A leitura destes meios de comunicação acontecem de forma e maneira diferente, mesmo quando integradas. Nossos potenciais perceptivos e capacidades reagem de maneira diferente e acionam órgãos diferentes.

  • É importante observar que para não se confundir a utilização de uma mídia dentro de uma aula com um mero recurso didático é preciso entender que cada uma das mídias ou meios de comunicação possuem uma linguagem própria, uma especificidade.

  • Cada uma das mídias possuem seus próprios recursos técnicos e de comunicação.

  • No caso da televisão existem vários recursos do lado da produção e também do espectador, como: a possibilidade da imagem em preto & branco e ou em cores, do áudio, dos efeitos especiais (de áudio e vídeo), Zoom (por parte do espectador), PIP (Picture in Picture = Tela sobre tela), mudar de canal, close caption, dentre muitos outros. Os recursos existentes em cada mídia na realidade estarão integrados e associadas ao trabalho do professor para melhor qualidade da aula e não apenas completando uma informação ou atividade gerada pelo professor.

  • Nota: Para que seja possível um melhor entendimento desta parte é bastante interessante que seja acessada a pagina Cinema, TV e Vídeo, onde há mais informação sobre este assunto.

  • Na sala de aula a televisão poderá estar integrada e associada a qualquer uma das disciplinas ou áreas de conhecimento, basta apenas que o professor saiba conduzir o trabalho levando-se em conta a variedade de programas, das possibilidades de um estudo mais profundo das técnicas, recursos e até mesmo do funcionamento da televisão (desde o estúdio até o espectador).

  • Falar que não é preciso conhecer a parte técnica da mídia para fazer uma boa leitura é mentira.

  • Um bom exemplo para qualquer Área do Conhecimento ou Disciplina é a integração e associação da proposta, tema, projeto ou conteúdo trabalhado em sala de aula a um programa gerado pela televisão ou até mesmo por um gerado a partir de um videocassete ou DVD como um documentário, um programa de culinária, esportes, noticiário, novela, filme, seriado, infantil...

Voltar para o conteúdo