Técnicas01 - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Educação > Impressos
Impressos Artesanais
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Maio/2015

• Uma das atividades mais interessantes é o processo de criação e produção gráfica artesanal, mas pouco utilizada na sala de aula, pois estas permitem ao aluno desenvolver um trabalho diferenciado.
• São várias as técnicas possíveis, como: a técnica palitografia, barbantegrafia, nylingrafia, petgrafia, papelãografia, gipsografia, xilogravura, entre tantas outras técnicas.
• A técnica palitografia, por exemplo, é uma solução muito interessante para desenvolver no aluno a capacidade de escrever e ler midiaticamente.
• Outro fator que esta técnica é fundamental e muito necessária para resolver o problema do espelhamento na escrita.
• Outras técnicas podem ser fundamentais nas diversas fases da educação. Como linguagem não é um recurso, pois tem suas próprias necessidades e qualidades, é importante destacar que são excelentes parceiros e ferramentas para que ocorra a construção do conhecimento.
• O professor tem uma grande dificuldade, a falta de material, pois como já destacamos em muitas oportunidades, a falta de compromisso e interesse por parte dos políticos. Não adianta inventar propostas se não é dada ao professor condições de trabalho, por outro lado, a vontade de trabalhar honestamente é muito maior do que a desonestidade dos políticos, em todos os níveis e partidos, quando colocam dinheiro do próprio bolso para poder melhorar um pouco a educação.
• Essa vontade é que mantém a escola pública ainda aberta.
Fotocópia
Por: Vivaldo Armelin Júnior
 
• A fotocópia é a tecnologia atual mais barata para impressão de material para uso escolar, mesmo porque outras tecnologias mais antigas não se está achando com facilidade. Um exemplo são os mimeógrafos a álcool e a tinta.
• Os fabricantes desta tecnologia de reprodução e impressão não fizeram a devida pesquisa para que o produto melhorasse de qualidade e o resultado final da impressão fosse de melhor qualidade.
• O abandono do mimeógrafo a tinta pelas indústrias abriu a porta para a fotocópia e hoje se tornou uma das maiores e melhores opções de impressão com certa qualidade em preto e branco ou em cores.
• As cópias em impressoras jato de tinta ou laser ainda são bem caras, porém a promessa de diminuição dos custos com um modelo com tanque de tinta poderá baixar seu preço.
• Uma fotocópia tem boa durabilidade e resistência à água, condição que permite enfrentar o dia a dia da sala de aula.
• Outra condição favorável é a de permitir a inclusão de imagens, além dos textos, em P&B ou em cores.
• Também poderá haver economia de papel, pois é possível imprimir frente e verso sem que a impressão vaze para o outro lado do papel. Pode-se usar papel sulfite de gramatura maior do que os 75 g, como, 90 gt. A impressão em papéis especiais como canson, vergê, entre outros.
 
A Linguagem Artes Gráficas
• Toda impressão é parte de um linguagem denominada Artes Gráficas, portanto não pode ser um mero recurso. Cada linguagem tem suas necessidades e formas de comunicação próprias, mesmo quando integra outras linguagens ou técnicas. Quando o professor faz uso de um livro, apostila, revista ou jornal está na realidade integrando a seu conteúdo outros meios de comunicação para favorecer a construção do conhecimento e o desenvolvimento cognitivo.
• Uma publicação, das mais simples às mais complexas, traz informações, conhecimentos, opiniões, teorias, regras, leis... Porém se esta publicação não estiver bem diagramada a atenção de seu aluno poderá ser dispersa.
• Uma diagramação que não é bem feita também se torna cansativa e desmotivadora. Antigamente, por exemplo, a impressão em mimeógrafo, a quantidade de texto muitas vezes assustava, pois não havia nada além dele para motivar.
• O uso de imagem(ns) permitida na fotocópia aumenta o interesse e motiva. O texto é reforçado pela imagem que proporciona outra forma de leitura e valoriza o texto.
• Diferente de um texto literário, poético, conto, descritivo, onde é importante a imaginação, difere do material didático e pedagógico que tem o papel motivador.
• Os impressos fotocopiados precisam conter boa quantidade de informação, mesmo quando se reproduz um texto literário, por exemplo: nele é importante conter uma pequena biografia do autor, uma referência bibliográfica deste, imagem fotográfica ou ilustração com a imagem do autor etc.
• Não se esquecer que muitos alunos gostam de arquivar apostilas em pastas, portanto será necessário furar a margem do papel, para que não prejudique o texto ou imagens é preciso ter um recuo de pelo menos 2 cm.
• Verificar se é melhor copiar em papel sulfite no formato A4 ou carta. Repetindo, quando possível faça impressão frente e verso.
• Não faça uma quantidade muito grande de cópias e que levem ao desperdício de papel.
• A matriz poderá ser produzida manualmente ou no computador, para isso será necessário imprimi-la primeiro em uma impressora jato de tinta ou laser.
• Por sinal, o computador, por ser uma linguagem multimídia, favorece a produção de matrizes de alta qualidade e ricas em conteúdo. 
Voltar para o conteúdo