Segurança01 - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Excursão > Organização

Partes

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

Segurança I
Por: Vivaldo Armelin Júnior


• Em uma excursão pedagógica a segurança é fundamental para que seu objetivo seja pelo menos satisfatório, É preciso ter o envolvimento de todos aqueles que acompanham os alunos. Essas pessoas, professores(as), pais ou responsáveis, convidados, entre outras opções, precisam deixar de lado a ideia de que estão passeando, pois uma excursão pedagógica é uma aula extraclasse e que exige responsabilidade.
• Trata-se de um compromisso sério que oportunizará um aprendizado, a experimentação, o experienciar ou vivenciar, aquilo que seria de certo modo impossível em uma sala de aula. As pessoas que estão coordenando a excursão não podem se envolver em compras, isolar-se do grupo, pôr-se em desatenção, entre outras situações que poderão proporcionar risco para os alunos, mesmo se estes forem adultos.
• Deixa de ser uma excursão pedagógica quando o professor dispensa os alunos de acompanhá-lo e marca um horário para encontro em um determinado local. Essa ação e atitude é irresponsável e não tem nenhuma finalidade pedagógica. Um acidente distante dos responsáveis poderá gerar muita dor de cabeça posteriormente. A visita a parques de lazer deve ser evitada pela escola, esta é uma obrigação dos pais, com apenas uma exceção, quando a visita objetiva estudo e pesquisa, nessa última condição ninguém irá brincar, mas estudar e produzir resultados técnicos, como velocidade dos brinquedos, efeitos gravitacionais, ópticos etc.
• Para manter o grupo unido é importante dar responsabilidade a alguns alunos, os chamados alunos monitores ou auxiliares, delegando algumas funções, como: cuidar para que todos fiquem em fila, ajudando os professores e os comunicando sobre qualquer incidente, evitar brincadeiras inadequadas e inconvenientes. É muito comum a proibição da entrada em museus com bonés, aparelhos eletrônicos, mochilas, esses alunos poderão auxiliar na organização.
• Quando do uso de banheiro, seja ele público ou não, é importante que um adulto acompanhe os(as) alunos(as), isso evita brincadeiras por parte deles(as), que pessoas estranhas tenham oportunidade de aproximar e agir de maneira inadequada, evita bagunça etc. Nos postos de combustível de estradas ou rodovias a segurança deve ser maior e mais eficiente. No meio de trabalhadores honestos sempre tem um oportunista.
• Nas excursões pedagógicas a Zoológicos, Hortos, Parques Ecológicos, garantir que ninguém se afaste do grupo, mesmo nos momentos de descontração, lanche ou almoço. Também é preciso controlar as brincadeiras e garantir a higiene durante as refeições.
• No momento que um dos responsáveis pela excursão precisar se afastar do grupo, por exemplo, para uso de banheiro, é preciso que seja redobrada a atenção.
• Havendo na excursão alunas maiores de dez anos de idade é conveniente orientá-las para que levem absorvente higiênico. Essa ação evita constrangimentos e brincadeiras inadequadas.


Segurança II
Por: Vivaldo Armelin Júnior


• Quando contratar um ônibus para uma excursão pedagógica é importante garantir em contrato a qualidade do ônibus e do serviço.
• É preciso verificar o estado dos pneus, a conservação e limpeza, a existência de cinto de segurança em todos os bancos e funcionando, a toalete deverá estar limpa e operacional, com papel higiênico e sabonete, com a porta funcionando perfeitamente, principalmente durante viagens longas.
• Ainda, sobre a toalete, durante viagens longas, a empresa precisa garantir a limpeza dos reservatórios, o abastecimento de água para descarga e lavagem das mãos.
• O motorista deverá estar descansado e se a viagem for maior do que 400 km garantir a presença de dois motoristas.
• Verificar se as janelas fecham adequadamente, essa recomendação vale para os respiradouros de teto.
• Verificar os faróis, lanternas de freio, piscas e lanterna noturna, limpadores do para-brisa, retrovisores estão de acordo com a legislação e em operação.
• Quando o veículo possuir aparelho de TV e vídeo este deverá oferecer fone de ouvido para cada passageiro, principalmente em viagens noturnas, para não perturbar aqueles que estão dormindo ou não se interessam pelo vídeo.
• Levar água mineral, papel toalha, saco de lixo. Caso algum aluno tenha sede um responsável lhe entrega um copo ou garrafa de água.
• Quando um aluno tem a necessidade de ir ao banheiro um responsável deverá acompanha-lo principalmente se o veículo estiver em movimento.
• Empresas de turismo costumam oferecer lanche, água e suco. Esses devem estar bem armazenados e até refrigerados em local limpo.
• Caso tenha algum aluno alérgico, com diabetes, com rejeição a alguns alimentos, garantir com a empresa o fornecimento de alimento adequado às necessidades deste. Vale lembrar que tudo já está no preço cobrado pela empresa de turismo.
• O(s) guia(s) deverá(ão) seguir as orientações dos professores e atender ao roteiro previamente contratado.
• Caso o motorista esteja em velocidade inadequada, fazendo ultrapassagens indevidas solicitar a ele que respeite as leis de trânsito. Caso não resolva tenha em mãos o telefone de uma pessoa responsável pela empresa de turismo para que tome providência.
• Em casa de quebra do veículo é preciso arranjar um local seguro para os alunos e não permitir que fiquem próximo da pista, mesmo no acostamento.
• Caso o local seja ermo é mais recomendado manter os alunos dentro do veículo, longe das janelas e sentados. É importante garantir uma atividade para evitar impaciência e desobediência. Uma sugestão é levar revistas de palavras cruzadas, filmes, até mesmo alguns jogos de pequeno porte. Também gibis, pequenos livros... Outra opção é contar história, fazer algum relato, brincadeira - desde que os alunos permaneçam sentados, disputa entre fileiras etc.
• Para as viagens mais longas e noturnas garantir que todos os alunos tenham pelo menos um agasalho.
• Caso o veículo pare em um posto de serviço por algum problema mecânico não permitir que os alunos consumam alimentos fritos, engordurados e ou com aparência pouco agradável. Verificar a data de validade dos produtos industrializados adquiridos pelos alunos.
• Não permitir que os alunos comprem, por exemplo, refrigerante e suco, e fiquem passando de boca em boca.
• Outro produto que deve ser evitado é o consumo de sorvete.
• Caso venham a tomar leite, café, suco, preferir em copo ou xícara descartável. Não permitir que os alunos levem leite para o ônibus para consumi-lo mais tarde, pois este estraga com facilidade.
— Boa viagem!


Segurança III
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Mar/2014


• Neste texto faremos sugestões sobre especificamente a alimentação e água. Um fator importante quando ocorre uma excursão pedagógica.

Excursões de três a quatro horas

• Para esse tipo de excursões é importante levar água e alimentação, mas tomar os seguintes cuidados.
• Não levar alimento perecível, a água deve preferencialmente ser mineral e quando o aluno levar a sua garantir sua qualidade.
• Evitar que o aluno leve refrigerante.
• Sucos naturais também devem ser evitados, pois estragam com facilidade. Sucos em pó também estragam.
• Evitar que os alunos bebam água de bebedouros nesses locais, principalmente direto no bico lançador.
• Encher a garrafa, no bico próprio, não é problema desde que o aparelho tenha filtro.
• Evitar comer durante o trajeto para evitar enjoos e vômito.

Excursões de um dia

• Caso os alunos levem sua alimentação própria, estas não devem ser lanches com recheios perecíveis, como: alface, tomate, presunto ou mortadela crua (ou mesmo fritas), hambúrguer, maionese (principalmente a caseira que leva ovo), tomate etc.
• Lanches de queijo derretidos, como: muçarela ou prato devem ser bem fritos para durarem maior tempo.
• O ideal é se alimentar em um restaurante, comer frutas e evitar carrinhos de cachorro quente, hambúrguer etc.
• Por falar em restaurante, o mais recomendado é verificar antes a qualidade da alimentação e os cuidados com a higiene.
• Nunca levar marmita, pois essas não poderão ser conservadas em uma geladeira.
• Levar bolacha comum ou recheada, salgada, não é proibido, mas estas não deverão ser a única fonte de alimentação.
• O mais indicado é que o aluno leve refrigerante, suco de caixinha, de soja saborizado, água mineral etc.
• Não permitir que os alunos bebam água de fontes ou minas sem a devida garantia de potabilidade.
• Nunca levar ovo cozido ou frito.
• Bolo, torta sem recheio perecível, panetone, entre outros bolos, podem ser levados, mas não devem conter recheio perecível.

Excursões com mais de dois dia


• Normalmente há hospedagem em chalés, hotéis urbanos ou rurais, pousadas, por essa razão é importante ter informações seguras sobre o local, a segurança, se possui restaurante, qual é a sua condição de higiene, limpeza, conservação dos alimentos antes e depois do preparo, se oferecem saladas etc.
• Nesses hotéis, pousadas e chalés cobram a parte por água, sucos e refrigerantes.
• Não permitir que o aluno traga de casa alimentos de qualquer tipo.
• Exceção feita para as viagens mais longas quando a bolacha poderá ser uma solução provisória.
• Caso seja necessário fazer uma parada em um restaurante de estrada, verificar com antecedência os cuidados com a higiene e qualidade dos alimentos servidos.
• Refrigerantes e sucos embalados não permitir seu consumo antes que sejam lavadas as embalagens.
• Iogurte comprados nesses restaurantes devem ser cobnsumidos na hora e não transportados durante a viagem.
• Não permitir chocolate de qualquer tipo. Com o balanço do ônibus algum aluno poderá ter distúrbio estomacal e até intestinal. Essa recomendação vale para qualquer tipo de amendoim (frito, torrado, tipo japonês, coberto com algum tipo de massa, chocolate etc.
• É importante que a escola providencie água mineral, em copo ou garrafinha, para o período da viagem. Lembrar da volta.

— Boa viagem!

Voltar para o conteúdo