Saquinho01a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Como Fazer > Bonecos
Papelãografia - I
 
Material:
 
(A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos).
Cuidados e Sugestões
(Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes).
1. Saquinho para lanche (por exemplo, para hot dog).
2. Lápis de cor ou tinta guache ou aquarela ou canetinha hidrocor, ou ainda, giz de cera.
3. Tesoura sem ponta para alguns bonecos.
• Trabalho a ser realizado por qualquer aluno, não importa a idade.
• Muito bom para aprender os limites, o trabalho com cores e misturas, textura, forma, volume... Também, como opção, a montagem de maquete cenográfica para teatro de bonecos, animação, slides show etc.
• Os saquinhos poderão ser recortados, pintados e até fazer colagens a partir de fotografia extraídas de revistas ou mesmo dos alunos.
• Trabalho é rápido, mas poderá ser ampliado em outras aulas, bem como servir para a inter-relação de conteúdos e interdisciplinaridade.
• O custo é a vantagem desta proposta, pois geralmente estes saquinhos para lanches são baratos, mas para baratear mais, pode-se confeccioná-los com jornal velho.
Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto. 
 
Pré-produção (Antes)
1. Muitas possibilidades para a realização deste trabalho e ele pode ser iniciado durante uma atividade ou durante o intervalo (se preferir, recreio). Nesse último caso é comum bolacha, pão ou lanche serem entregues aos alunos acondicionados neles, e, o mais importante, se não tiverem danificados, poderão ser reutilizados na confecção de bonecos. Uma pesquisa sobre a fabricação do papel é importante e até necessária.
Produção (Durante)
2. O professor, nesta etapa, precisa acompanhar mais de perto a confecção para que não haja cópia, mas sim criação de um personagem, humano ou humanizado. Também poderão representar uma bolacha, lanche, fruta, que ganharão boca, olhos, nariz, orelhas etc. Após o desenho poderá ser feito na frente e no verso do saquinho e usados como fantoches de mão. O importante é a criação estar baseada em uma pesquisa, qualquer tema ou assunto a partir do planejamento do professor.
 
 
Pós-Produção (Depois)
3. O trabalho final, pode ser utilizado em uma exposição, palestra, entrega de brindes, apresentação de teatro de bonecos ou integrado a seres humanos, em animações stop motion, apresentação de slides, ou ainda, integrando uma publicação digital ou em papel. Um trabalho para qualquer disciplina com conteúdo inerente a ela, por exemplo, ciências, recriar em cada saquinho o núcleo de um átomo, eletros e simular seu movimento em torno do núcleo.
PROCESSO
 
Tenha todos os materiais em mãos antes de iniciar o trabalho.
 O trabalho poderá ser iniciado com ou sem o desenho da forma (letra ou figura) desejada.
• O processo é muito simples e só deverá ser iniciado após a realização de uma pesquisa que contemple ao conteúdo programado pela disciplina e ter sentido o trabalho, portanto é importante que seja parte de um projeto, com tema gerador, a inter-relação de conteúdos e quando possível a interdisciplinaridade.
• O trabalho poderá ser em grupo, a partir de um tema diferente para cada um deles, mas cada aluno ou aluna deverá produzir seu boneco. Essa condição é interessante para que haja material suficiente para as demais fases do trabalho.
• O recorte deverá ser apenas na parte superior do saquinho, aquela que está colada, nunca nas laterais, para não o desmontar. Quando houver colagem, cuidado para não colar o interior do mesmo, condição que irá prejudicar ou até impedir sua abertura.
• Bom trabalho!
Voltar para o conteúdo