Monotipia01a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Arte > Artes Grárficas > Gravura > Técnicas > Planográfica
Monotipia - I
Material:
(A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos).
Cuidados e Sugestões
(Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes).
  1. Duas placas de vidro tamanho 20 x 20 cm e espessura mínima de 0,8 cm ou dois Pisos/Azulejos grandes - 20 x 20 cm - liso.
  2. Pincéis roliços números: 2, 4, 8 e 12.
  3. Pincéis chatos números: 2, 6 e 12.
  4. Tinta a Óleo — várias cores mais preto e branco.
  5. Solvente para a tinta a óleo.
  6. 2 potes plásticos para o solvente para diluir a tinta e para lavagem dos pincéis.
  7. Pano para limpeza.
  8. 8 folhas de jornal para limpeza da matriz após a impressão.
Esta técnica de impressão por exigir certa rapidez na pintura é excelente para o desenvolvimento de habilidades e de soluções gráficas.
É também excelente para o desenvolvimento perceptivo e a coordenação motora, pois o trabalho terá que ser produzido espelhado para que a cópia saia de forma correta.
Cuidado com o uso da tinta a óleo. É interessante que o aluno use um avental de plástico, pode ser feito com saco de lixo de 100 l ou mais (é muito resistente).
O guache também pode ser usado, mas como a secagem é muito rápida nem sempre os resultados serão satisfatórios.
Também é possível o uso de tinta acrílica, mas pelo mesmo motivo acima descrito poderá prejudicar o trabalho.
É um trabalho que proporciona resultados motivadores na educação de adultos.
É uma técnica que favorece o trabalho de alfabetização e não apenas artístico.
Na educação Especial produz excelentes resultados.
Como a cópia precisa secar é importante que se trabalhe em grupo.
É aconselhável que cada aluno produza pelo menos uma matriz e o trabalho final poderá ser um quadro ou um livro.
Como toda gravura o número da e de cópias deverá ser feito a lápis abaixo da área impressa, juntamente com a assinatura e data.
Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto. 
Pré-produção (Antes)
1. O uso de modelos para o desenho ou pintura da matriz, e como esta pintura ou desenho terá que ser espelhada caberá ao professor fazer uma pequena discussão sobre o modelo e seus detalhes, além de discutir a ação da luz sobre ele e a origem da sombra. Poderá ser usado como modelo frutas inteiras ou em pedaços, objetos de uso cotidiano, artefatos obtidos em uma excursão etc.
Produção (Durante)
2. Nesta etapa, o professor deverá estar atento aos problemas encontrados pelos alunos e não apenas responder ou dar a solução, o importante é que o professor valorize o erro como uma etapa a ser vencida e que ele é parte de nossas experiências e vivencias. Iniciar o trabalho linear poderá conduzir a resultados melhores no momento da pintura.
Para que este trabalho tenha sentido é preciso que ele seja realizado mais de uma vez por semestre, pelo menos três vezes por ano, caso contrário será feito apenas uma apresentação de uma técnica de impressão. Como os momentos são diferentes é preciso que o professor também escolha temas ou modelos diferentes e faça uso, por exemplo, de uma excursão.
Durante o trabalho observar com atenção para evitar erros fatais, para isso, conscientize o aluno da importância da concentração e evitar brincadeiras que possam levar a erros.
Pós-Produção (Depois)
3. A discussão, exposição dos materiais criados, participação em debates, seminários, se possível abertos à comunidade escolar ou entre escolas.
Alega-se falta de verba, mas a realização de congressos interescolares trariam grandes possibilidades para a construção do conhecimento.
Pelo menos uma discussão sobre o projeto, bastante crítica, deve ser feita e quando outras novas soluções surgirem deverão ser abertas a novas discussões.
PROCESSO (FASE A)
Tenha todos os materiais em mãos antes de iniciar o trabalho.
1. Colocar uma das placas de vidro sobre uma mesa ou carteira, plana, e limpá-la.
2. Desenhar e pintar rapidamente.
3. Para impressão veja a técnica por pressão ou impressão sanduíche.
Voltar para o conteúdo