Locomotiva01a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Como Fazer > Artesanato
 
Locomotiva - I
Material:
(A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos).
Cuidados e Sugestões
(Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes).
 
 
1. Palito de sorvete de madeira.
2. Cola branca ou amarela para madeira (as melhores) ou a escolar (menos recomendada).
3. Serra manual ou arco com serra fina.
4. Pregos pequenos, mas compridos e martelo.
5. Tampinha de garrafa de refrigerante e de suco, leite, creme de leite, iogurte grande etc.
6. Dois pedaços de madeira para fixação das rodinhas (tampinhas), comprimento, a altura e a profundidade dependerão do tamanho da sua locomotiva.
7. Tinta para artesanato, PVA na cor marrom ou preto(melhor indicação), evirar o guache escolar, verniz incolor ou opaco.
8. Pincel charo pequeno, nº 8 ou 10.
9. Solvente caso necessário.
10. Pano para limpeza.
• Ideal para trabalhar com alunos do terceiro ano em diante.
• O uso da serra deverá ser feita pelo professor quando alunos de idade inferior a doze anos.
• Não recomendamos o uso de cola quente ou de contato, como indicado a cola branca ou amarela para madeira é a melhor opção e tem a vantagem de facilitar a limpeza.
• O formato da locomotiva será baseado em uma pesquisa ou se em sua região existir passeios turísticos em locomotiva, esta é uma grande opção.
• O palito de sorvete a ser usado poderá ser o de cabeça arredondada ou o de cabeça retangular.
• Com alunos menores não usar serra elétrica e furadeira elétrica.
• Cabo de vassoura poderá ser usado para fazer as rodinhas.
• O verniz deverá ser evitado com alunos pequenos.
Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto. 
Pré-produção (Antes)
 
 
1. Nesta fase, como sempre destacamos, é importante fazer muita pesquisa, não apenas o aluno, mas também o professor, definir o projeto, se o trabalho será individual ou em grupo, e possibilitar aos alunos a visualização de várias imagens de uma locomotiva, vagões, carros etc. É preciso que cada aluno ou grupo defina, desenhando, o modelo da locomotiva, também é possível usar fotografias, produzidas pelo aluno ou extraídas da internet em vários ângulos, planos e posições de uma locomotiva a vapor ou elétrica. Providenciar o material necessário. Explicar para o aluno que este trabalho poderá ser uma forma de renda para a comunidade.
Produção (Durante)
 
 
2. Durante a produção o aluno irá construir sua locomotiva, mas é importante fazer o registro fotográfico ou em vídeo, por um componente do grupo ou pelo professor. Será preciso mais de três aulas para a conclusão do projeto. O número máximo de alunos por grupo recomendado por nós é de quatro. Colar com cuidado cada peça e sempre estar atento a espessura do palito, pois estes tem diferença. Iniciar sempre pelo chassis e depois subindo até a chaminé, cabine, entrada da fornalha e por fim, o suporte para as rodas.
Pós-Produção (Depois)
 
3. Como sempre fazer uma exposição na escola, mas esta poderá ser mais ampla, fazê-la em outras escolas, museus, centros culturais, igrejas, praças públicas, e ainda, se existir um percurso de maria-fumaça em sua comunidade, entrar em acordo para uma exposição dos trabalhos. As fotografia e vídeos deverão ser editados para simultaneamente à exposição serem exibidos. Convidar a comunidade.
PROCESSO (FASE A)
Tenha todos os materiais em mãos antes de iniciar o trabalho.
• Todos os trabalhos deverão ser feitos com cuidado e sem brincadeira, pois a cola branca ou amarela para madeira demora um pouco mais para secar, mas quando seca raramente descola.
• A cada etapa é importante verificar se a construção está em acordo com o projeto. Quando houver dificuldade é importante que o professor problematize e não dê a solução.
• As imagens abaixo apresentam várias etapas do processo.
• Colar a base, chassi, com cuidado e esperar secar por uns dez minutos, só assim iniciar a colagem dos demais palitos. A espera se justifica para garantir a sustentação e a forma da base. Não usar pouca cola, mas também não exagerar.
• Deslocar cada palito para obter a forma circular em ambos os lados.
• A colagem das peças, palitos deve atender ao formato do modelo, a base tem que ser bem reforçada.
• As tampinhas de refrigerante, pequenas, e as de suco, leite, iogurte, maiores, são boas para fazer as rodinhas, mas nada impede que sejam usadas as rodinhas de madeira, como as feitas de cabo de vassoura.
• Esta proposta não é muito simples, por essa razão, é importantíssimo que haja um trabalho de inter-relação de conteúdos e quando possível, a interdisciplinaridade.
• Os alunos poderão produzir textos, contos, poesias sobre a experiência e ou sobre a locomotiva e deles produzir um livro impresso ou um e-livro (e-book).
• Quando possível, guardar os trabalhos na escola em um local seguro, pois o transporte por parte do aluno até sua casa poderá danificar o trabalho, principalmente se a cola ainda não estiver seca.
• Não fazer uma cópia de nossa sugestão, fazer diferente é a melhor opção.
• Bom trabalho!
Voltar para o conteúdo