LetraArgila1a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Arte > Artes Plásticas > Modelação

LETRA MODELADA EM ARGILA I

Material

A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos.

Cuidados e Sugestões
Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes.

  • Argila.

  • Duas facas de plástico para festas - pequena.

  • Palito de sorvete de madeira ou plástico.

  • Rolo de macarrão (este poderá ser utilizado por até seis alunos).

  • Pote de margarina, de plástico, para água.

  • Régua plástica com 30 cm.

  • Este trabalho não possui restrição em razão da idade, porém caso queira queimar as peças produzidas será necessário alguns cuidados para o transporte e até mesmo com a queima das mesmas.

  • O trabalho poderá ser feito durante uma visita pedagógica a uma olaria ou fábrica de material cerâmico para facilitar a queima. É preciso alertar os alunos que poderá haver perda da peça produzida durante a queima.

  • Cada aluno deve produzir pelo menos uma letra.

  • Antes de iniciar o trabalho, limpar e amassar a argila.

  • A faca plástica servirá para cortar a forma de cada letra e o palito de sorvete para alisar e modelar.

  • Caso o professor produza as letras o Ato Pedagógico abaixo poderá ser seguido, mas deverá haver algumas adaptações.

  • A argila poderá ser substituída por porcelana fria (biscuit).

  • É interessante que seja produzida mais de uma peça de cada letra, principalmente as mais utilizadas, como é o caso das vogais e de algumas consoantes (c, d, m...).

  • Recomendamos que cada peça tenha pelo menos a seguinte medida, com exceção das letras "I" e "M", com comprimento mínima de 10 cm, largura de 7 cm e altura de 3 cm.

  • A adição de cola branca à argila momentos antes da modelação fará com que ela fique mais resistente, mas não poderá ser guardada para posterior conclusão.

  • Pincelar com cola branca a obra final deixará a peça impermeabilizada e mais resistente.

Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto.

Pré-produção (Antes)

1. Esta proposta deve ser desenvolvida a partir de um trabalho anterior envolvendo pesquisa de marcas e símbolos comuns (comerciais ou não) e da leitura de textos por parte do professor.
É interessante que o aluno tenha a sua disposição em papel a forma de cada uma das letras. Este modelo deverá estar com o aluno.
É importante discutir com o aluno a definição do que é a argila e como ela foi e é utilizada.
No caso de queima das peças é preciso que o professor descreva quais as fases que farão parte de produção e queima e como esta última ocorre.
É nesta fase que será feita a limpeza da argila.

Produção (Durante)

2. Nesta etapa, o professor deverá estar atento aos problemas encontrados pelos alunos e não apenas responder ou dar a solução, mas incentivar a busca por uma solução.
Quando da produção da letra é importante que o professor discuta com o aluno a sua utilização, qual é a sua função e o motivo de não utilizar peças industrializadas. A participação individual é a mais indicada, mas não para a produção individual de todo alfabeto. A não ser que em razão de uma proposta ou contexto seja necessário uma quantidade grande de letras, como para a produção de um jogo, como: palavras cruzadas em três dimensões, o nome da escola etc.
Durante a produção é importante que haja atenção quanto a semelhança das formas das letras, por esta razão é recomendado que de início elas sejam modeladas com faces planas e não curvas.

Outro aspecto a ser observado é o tamanho das letras, que deverá ser o mesmo para todas caso faça opção por apenas letras maiúsculas.

Pós-Produção (Depois)

3. Fazer uma exposição dos trabalhos, se possível com a presença dos pais e/ou responsáveis, para mostrar o resultado do trabalho coletivo e no local o aluno fará o papel de um recepcionista explicando o processo.
Discutir com o aluno qual foi a importância desta proposta para cada um deles e para a escola.
Utilizar as peças para a produção de sílabas,  palavras, pequenos textos, animações em vídeo etc.
Organizar palavras cruzadas, caça-palavras ou palavras ocultas, mensagens etc.
Fazer, quando possível, apresentações fora da escola.
Ainda, quando possível, trazer um contador de histórias e que utilize as peças produzidas pelos alunos durante a apresentação.

PROCESSO

Tenha em mãos todos os materiais antes de iniciar o trabalho.

AVENTAL

A MODELAÇÃO

1. Colocar a argila sobre uma mesa lisa e plana. Caso seja na sala de aula colocar um plástico para forrar e proteger a mesa/carteira.

2. Limpar a argila retirando as pequenas pelotas, pedras, galhos, raízes etc.

3. Com o rolo de macarrão alisar a argila até obter uma placa com no mínimo 3 cm de altura ou se preferir espessura.

4. Utilizando a régua e a faca plástica, riscar a forma da letra antes de iniciar o corte e para manter o mesmo comprimento e largura em relação às demais.

5. Cortar a argila e retirar a sobra primeiro da parte interna da letra. As sobras deverão ser reaproveitadas para a produção de novas letras, acentos, pontos, sinais etc

6. Após ter modelado a parte interna, repetir o processo na parte externa cortando e retirando a argila necessária.

Verificar se todas as partes da letra estão iguais e se não há necessidade de algum enchimento.

7.  Com o palito de sorvete e o pote com água limpa, alisar a superfície das laterais e da parte superior da letra. A cada alisamento umedecer o palito e se necessário retirar qualquer quantidade de argila que tenha grudado no palito utilizando a segunda faca.

8. Após o alisamento da peça colocá-la para secar em local arejado e que não sofra a ação direta da luz solar, vento, calor excessivo etc.

A secagem deverá ser de no mínimo 72 (setenta e duas) horas e dependerá do clima e da temperatura.

9. A queima deverá ser feita em forno próprio para este fim e que atinja no mínimo 800º C. Durante a secagem e a queima algumas peças poderão gretar ou até quebrar.

10. As peças após o resfriamento poderão ser pintadas, decoradas etc.

11. Acima uma sugestão de um modelo simples de letra.

* Importante: TODOS OS TEXTOS E AS IMAGENS FORAM PRODUZIDOS PELO RESPONSÁVEL DESTE PORTAL. DETENTOR DOS DIREITOS AUTORAIS. RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS.

Voltar para o conteúdo