Leitura e Escrita01 - ArteEducarJun20

Seguindo em frente a 17 anos!
Ir para o conteúdo

Leitura e Escrita01

Leitura Midiática
Em ordem de lançamento
Para pensar!
Texto de: Vivaldo Armelin Júnior - Fev./14.
• A partir da leitura de uma imagem e integrada a um texto é solicitado ao aluno ou aluna que escreva o que está lendo na imagem e texto e, neste momento tem um problema, como ler?
• Primeiro ponto é a leitura do explícito, em outras palavras e resumido, o que se vê. Esta análise pode até interferir na leitura do texto, pois a imagem pode revelar a verdade ocultada nos textos. É muito importante que durante a leitura o aluno consiga interpretar tanto a imagem, bem como o texto.
• A outra leitura da imagem e do texto vai depender de pesquisa e conhecimento, trata-se da leitura implícita, resumidamente, a mensagem oculta. Não estou aprofundando essa questão porque acredito que todo professor tenha esse conhecimento. A leitura implícita e a explícita podem se opor em algumas situações, seja quanto aos textos ou imagens. Essa contradição proporciona uma leitura crítica. Por esse motivo que é importante fazer uma pesquisa para entender a leitura implícita, seja no aspecto cultural, social, econômico, histórico, artístico, científico, matemático etc.
• A escrita por parte do aluno ou aluna deve ser pessoal e crítica, por essa razão, a cobrança e a problematização, por parte do professor, levará a uma pesquisa. Essa facilitará o entendimento, seja do que está escrito e o que se vê na imagem. Quando o aluno ou aluna conseguem interpretar o resultado será a construção do conhecimento e o desenvolvimento cognitivo.
• Normalmente o aluno ou aluna chega ao ensino médio sem saber ler o que é explícito e, muito menos, o que implícito. Provocando o aluno ou aluna é possível uma maior participação nas aulas. Um grave problema é que o resultado seria melhor se houvesse a inter-relação de conteúdo e a interdisciplinaridade. Bom trabalho!
  • Importante:

  • Não tenha medo de ousar, pois a maioria dos projetos lançados pelos governantes e donos de escolas privada são enganosos e não visam a construção do conhecimento.

  • Essas ações são na sua maioria demagogas, lançadas ao acaso e não preparam o professor trabalhar com ela.

  • É o caso da inclusão, quando crianças especiais são literalmente jogadas em sala de aula com um número excessivo de alunos, impedindo que o professor possa trabalham mais próximo do aluno especial.

  • Essas salas deveriam ter no máximo 15 alunos.

  • Então, como proporcionar a construção do conhecimento e o desenvolvimento cognitivo nessas condições? A resposta é fácil, políticos, deixem-nos trabalhar e deem condições de trabalho, inclusive bom salário.

Para pensar!
Texto de: Vivaldo Armelin Júnior - Fev./14.

• A Leitura Midiática é muito ampla e nela está a leitura da escrita.
• Muitas pessoas acham que a Leitura Midiática está restrita à tecnologia multimídia, mas na verdade ela está presente em toda tecnologia desenvolvida pelo ser humano.
• Essa tecnologia envolve as mais simples até as mais complexas. A escrita, seja ela no caderno e manual, também é uma tecnologia.
• A Leitura Midiática está nos logotipos, nas placas de trânsito, nos luminosos, outdoors, nas sinalizações em geral, nos eletrodomésticos etc.
• Também no celular, na televisão, cinema, vídeo, tablets, notebooks, computadores etc. Nos nossos dias as formas de leitura envolvem quase que todos os sentidos, por essa razão é importante e necessário a mudança de postura e não existir resistência.
• Não adianta alfabetizar apenas usando o caderno e o lápis, é preciso envolver todas as tecnologias criadas pelo ser humano. A escola precisa sair da Idade da Pedra, o aluno tem de maneira errônea sua formação quanto a leitura e até a escrita, pois fora da sala de aula ele tem contato direto com todas as formas de leitura. Vale lembrar que a escola continua restrita à leitura da escrita.
• Ao ler uma imagem fotográfica inserida em uma matéria a riqueza de informação supera o que está escrito.
• Os jornais do século XIX e até meado do século XX eram diagramados para conter muito texto, imagens quase que não existiam, as letras eram pequenas, pois pela escrita vinham todas as informações.
• Com o desenvolvimento tecnológico a informação nos chega por meio de imagens, áudio e a escrita, em tempo real. Os jornais, revistas e até muitos livros estão dentro dos novos tempos, o mesmo acontece com a televisão, cinema e também com as emissoras de rádio.
• Nenhuma dos meios de comunicação e linguagens parou no tempo. A escola infelizmente não acompanha a evolução, por isso não desperta interesse e não é motivadora.

Voltar para o conteúdo