Leitura Dramatizada01a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Grupo de Leitura

GRUPO DE LEITURA

Leitura no Escuro I
Por Vivaldo Armelin júnior - Jul./2018

— Material:
• Escolher uma das opções a seguir. Será necessário entre dois ou três pontos de iluminação.
1. Vela de cera ou parafina, uma opção barata, consegue criar um clima de suspense até de tensão. O problema é que queima o oxigênio do ambiente e deixa cheiro, o que pode causar problemas alérgicos e até respiratórios. Boa opção para ambientes abertos, com pouca iluminação, e no período noturno. Uma vela deverá estar próxima do leitor.
2. Lampião ou lamparina a querosene ou álcool, tem os mesmos problemas causados pela vela de cera ou parafina. Porém, cria um ambiente mais rural, rústico etc. Boa opção para ambientes abertos, com pouca iluminação, e no período noturno. Uma lamparina ou um lampião deverá estar próxima do leitor.
3. Lanterna (farolete) a pilha ou recarregável. Existem também os com lâmpada de filamento e outro com lâmpada de LED. Serão necessários pelo menos dois, um para o público e outro para o leitor. Uma lanterna deverá estar próxima do leitor.
4. Uma fogueira também poderá criar um clima, seja ele de suspense ou de nostalgia, mas sempre em ambiente externo e em local seguro, sem risco de incêndio.
— Realização:
• Em todos os casos é importante estar organizado, preparar o trabalho com antecedência, ter um projeto e planejamento, se possível realizar uma prévia em sala de aula, mas sem a necessidade de escurecer o ambiente.
• A leitura deve ser feita por qualquer pessoa do grupo ou até mesmo por um convidado e esta deverá ser adequada para o ambiente, não necessariamente de terror ou suspense, uma boa opção é aquela que retrata o folclore e as crenças populares.
• É importante que o leitor garanta uma leitura com interpretação, atuando oralmente.
• Registrar com fotografia ou vídeo, ou ainda, com ambas as linguagens artísticas, para posterior estudo e análise. Outra sugestão, este trabalho poderá ser feito fora do horário de aula, no período noturno, com a participação de pais e alunos, em uma praça pública, ou ainda, durante uma excursão pedagógica.

• Bom trabalho!

Leitura Dramatizada I
Por Vivaldo Armelin júnior - Mar./2014

• Essa proposta é interessante, pois a leitura será coletiva e cada um dos leitores terá que interpretar. Essa interpretação será casual e a partir de um texto teatral, sugerimos que esse não tenha grandes falas.
• É importante que o texto seja inédito, ou seja, o aluno não teve contato anterior com ele. Será necessário ter um texto para cada um deles.
• O texto poderá ser uma cópia impressa via computador, fotocópia, mimeografado...
• Para melhor resultado e acompanhamento sugerimos sortear o aluno que fará a leitura da fala seguinte.
• O espaço a ser utilizado poderá ser a tradicional sala de aula, mas também um jardim, durante uma excursão pedagógica, uma praça, num museu, após um everto externo etc.
• Para que não haja inibição durante as primeiras leituras não gravar vídeo ou fotografar. No entanto esse registro poderá ser útil para corrigir problemas com a leitura.
• Não utilizá-los em eventos, a não ser que seja parte de um projeto e tenha havido uma preparação do aluno.
• É interessante a participação do professor e outras pessoas que estão presentes durante a atividade.
• Caso o local não seja adequado para que os alunos sentem-se, sugerimos utilizar sacos de lixo de 100 litros.
• A leitura também poderá ser em pé se o(s) texto(s) for(em) curto(s). Não fazer uso de livros grossos e pesados durante uma excursão, mesmo que os textos sejam curtos. Uma fotocópia é a melhor solução.

Um exemplo real: Na cidade de Itu, SP, na praça central e debaixo do orelhão gigante foi feita a leitura de um pequeno texto envolvendo o folclore de grandeza criado na televisão nos anos cinquenta, que tinha a participação do ator Simplício (Francisco Flaviano de Almeida), morador da cidade de Itu e que a destacou. Atuou ao lado do ator Manuel de Nóbrega.
• O texto foi lido por todos seguido de muita risada. O medo da leitura em público passou com a descontração proporcionada pelo texto.
O tempo da atividade foi de 12 minutos aproximadamente.


Nota:
1. Tudo que foi descrito acima visa o trabalho no Grupo de Leitura, obviamente com ou sem o uso da tecnologia, em espaços variados e ou durante uma excursão.
2. Veja os sites do Portal ArteEducar - "Leitura Midiática" e "Sala de Leitura".

Voltar para o conteúdo