Fantoche01a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Como Fazer > Bonecos

Fantoche de Bolinha de Isopor e espeto de madeira I

Material

A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos.

Cuidados e Sugestões
Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes.

  • Espeto de madeira (+ ou - 25 cm).

  • Bolinha de isopor, entre 4 a 5 cm de diâmetro.

  • Papel cartão ou Papelão - para o corpo.

  • Tecido para roupa, em cores e estampas diferentes.

  • Cola branca ou cola quente ou cola para isopor.

  • Tinta acrílica ou para isopor - várias cores e tons. Para pintura da cabeça.

  • Tinta guache ou aquarela para a pintura do corpo - várias cores e tons.

  • Pincéis nº 02 e 06, roliço e nº 10 chato.

  • Tesoura sem ponta.

  • Para o cabelo: palha de aço, lã, linha de crochê, tiras de papel ou tecido, esponja sintética, fibras secas vegetais, barbante, algodão, etc.

  • Recomendado para alunos da pré-escola, ensino fundamental, médio ou superior.

  • Não usar a cola quente quando trabalhar com crianças.

  • Não é indicado o uso de tecido muito grosso.

  • Você poderá completar o boneco(a) com corrente, colar, pulseira, relógio, brincos, óculo, maquiagem...

  • O papelão ou papel grosso a ser usado para a confecção do corpo deve ser resistente e firme.

  • Sementes ou grãos poderão ser usadas para confecção dos olhos, como feijão, de girassol, melancia, caju, milho, ervilha, etc.

  • Deixar o aluno produzir o seu fantoche, a ajuda deverá vir apenas quando a dificuldade for muito grande.

  • O professor deverá ser parte integrante do processo e poderá estar produzindo o seu boneco, mas evite que seja feito antes ou durante a produção para que não existam comparações.

  • Outros materiais poderão ser usados como cabelo, por exemplo: palha de aço, esponja sintética, fibras secas vegetais, barbante, algodão, tecido etc.

  • A roupa poderá ser trocada caso não seja fixada ao corpo.

Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto.

Pré-produção (Antes)

1. É extremamente importante que seja feito um trabalho de estudo sobre o corpo humano. Pesquisas direcionadas às partes externas do corpo humano são fundamentais, mas também é preciso estudar a formação óssea e muscular.
Permitir ao aluno realizar, desenhando, seu projeto para o boneco.
Não se esqueça que trabalhar a produção de texto, seja ela oral ou escrita, é parte do processo.
O trabalho midiático auxilia na produção do texto, entre eles estão: jornal, revista, vídeo, televisão, livro, etc. O projeto, se possível interdisciplinar, deverá contar com a participação de todos os alunos, cada um com seu texto e boneco.
Outra indicação é o ato de contar história, pois esta experiência servirá para o aluno perceber a interpretação, a expressão facial, oral e corporal.
Quando o aluno ainda não souber ler e escrever o uso da fala é importantíssimo, no entanto não se pode esquecer de fazer o registro destas falas, seja ele através de gravação de áudio, vídeo ou pela escrita.
Caso a violência esteja presente na história é necessário que seja discutido com o aluno a importância do bom relacionamento e de um trabalho que proporcione a consciência de convivência comunitária e o respeito a todo ser vivo, ao meio e a natureza.
O tema deve ser escolhido com a participação do aluno, por sugestão do professor(es) envolvido(s) no trabalho. É recomendado que sejam formados grupos pequenos e que cada um tenha uma função dentro deste, mas todos alunos deverão produzir o seu boneco e a respectiva roupa.
O tema reciclagem não deve ser esquecido neste processo.

Produção (Durante)

2. Este momento é o mais importante no que se refere ao despertar do interesse do aluno e para que isso aconteça é preciso  que todos alunos tenham acesso a todo material  necessário para a confecção do trabalho, ou seja, o material oferecido deve ser de uso coletivo.
Durante a produção, o ato de contar história, ajudará no trabalho final, a apresentação.
Explorar com indagações o conhecimento dos alunos sobre todos materiais usados, se algum dele é natural, produzido de forma artesanal ou industrial, sua origem, quais as outras funções etc.
Assistir a programas de televisão que contenham bonecos, não necessariamente fantoches é importante para que os alunos tenham a sua imaginação aflorada.

Pós-Produção (Depois)

3. Como sempre é importante realizar uma exposição ou mostra, seguida de apresentações dos trabalhos realizados pelos alunos, mas só a exposição não completa o trabalho, em paralelo poderão ocorrer palestras (feitas pelos alunos ou convidados), debate, fórum... Estes eventos deverão ser abertos à comunidade escolar (toda equipe da escola, alunos, pais e outros componentes da comunidade) e proporcionar uma integração maior entre a escola e a comunidade. Deixar que o aluno demonstre aos visitantes como foi a produção dos fantoches, textos e ensaios faz com que ele desenvolva a oralidade e a interação comunicacional.
Também será possível a realização de uma visita pedagógica a teatro, estúdios de produção de bonecos, museus, cinema (mesmo que não seja com boneco, mas que o tema tenha relação ao trabalhado).
Produzir um livro relatando todo o processo, se possível encadernado (vide encadernação, neste mesmo site), usando o mimeógrafo a álcool ou tinta, fotocopiado, impresso no computador, com carimbo de borracha, xilografia, porém feito pelos alunos.
Registrar o processo com uma máquina fotográfica ou de vídeo e depois produzir um documentário com um slide show ou vídeo. Esta é uma forma de despertar o interesse do aluno.

PROCESSO

1. Furar com o espeto a bolinha de isopor, em seguida, retirá-lo.

2. Passar cola branca ou cola quente na ponta fina do espeto. Introduzir a ponta do espeto com cola no furo previamente produzido. Aguardar a secagem por no mínimo 30 minutos.

3. Após a secagem, colocar o palito com a bolinha sobre a folha de papelão ou papel cartão e desenhar o corpo do boneco ou boneca

4. Recortar o corpo e em seguida fazer um segundo desenho do corpo idêntico ao primeiro. Também recorta-lo.

5. Colocar a parte do corpo correspondente às costas voltada para a mesa ou carteira, em seguida colá-la ao palito. Passar cola sobre a área do papelão e então colar a parte correspondente à frente do corpo. Aguardar a secagem por no mínimo 15 minutos.

6. Espetar o palito em um pote com areia mantendo o corpo em pé. Pintar a cabeça e o corpo com a mesma cor. Aguardar a secagem.

7. Após a secagem pintar a boca, olhos, nariz, orelhas etc.

8. Colar, usando a cola branca ou cola quente, os cabelos. Aguardar a secagem. Os cabelos poderão ser apenas pintados.

9. Com o lápis preto, contornar o corpo sobre o tecido ou papel onde será produzida a roupa.

10. Recortar a roupa. Colar as partes da roupa - frente e verso.

* Importante: TODOS OS TEXTOS E AS IMAGENS FORAM PRODUZIDOS PELO RESPONSÁVEL DESTE PORTAL. DETENTOR DOS DIREITOS AUTORAIS. RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS.

Voltar para o conteúdo