Estêncial a Tinta01 - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Arte > Artes Grárficas > Gravura > Técnicas > Prensa & Impressão > Vazado
Material:
(A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos).
Cuidados e Sugestões
(Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes).
  1. Prensa para Estêncil a Tinta.
  2. Tinta em tubo para impressão preta.
  3. Placa de vidro de 2 cm de espessura e medindo 25 x 25 cm.
  4. Rolo de borracha para entintar e imprimir.
  5. Solvente para tinta.
  6. Pano para limpeza.
Esta atividade pode ser desenvolvida com crianças pequenas.
Cada aluno poderá ter uma função específica durante a impressão, como colocar o papel na prensa, imprimir, tirar o papel, colocá-lo para secar etc.
O estêncil a tinta é bastante frágil, rasga facilmente, por essa razão evitar manuseio.
Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto. 
Pré-produção (Antes)
1. Destacar os resultados finais de uma impressão com uma prensa, a sua história e importância.
Produção (Durante)
2. Manter o processo de impressão como uma linha de produção, por exemplo, um pega o papel, outro o coloca na base da prensa, outro entinta e imprime, outro retira o papel e o coloca para secar, repete-se o processo até o número total de cópias.
Pós-Produção (Depois)
3. A discussão, exposição das impressões, participação em debates, seminários, se possível abertos à comunidade escolar ou entre escolas.
Alega-se falta de verba, mas a realização de congressos interescolares trariam grandes possibilidades para a construção do conhecimento.
Pelo menos uma discussão sobre o projeto, bastante crítica, deve ser feita e quando outras novas soluções surgirem deverão ser abertas a novas discussões.
PROCESSO (FASE A)
Tenha todos os materiais em mãos antes de iniciar o trabalho.
1. Colocar sobre a placa de vidro um pouco de tinta, se em tubo, aproximadamente 2 cm e com o rolo espalhá-la uniformemente na horizontal ou na vertical.
2. Durante a atividade anterior o professor vai colocando e fixando o estêncil. Esse deverá ficar bem esticado, mas não excessivamente esticado. Em seguida colocar o papel na base de impressão.
3. Abaixar a prensa e pressionando-a, deslizar o rolo até cobrir o estêncil com tinta. Este ato também provocará a impressão, pois as áreas marcadas e desprotegidas deixarão a tinta passar para o papel.
4. Retirar o papel e repetir o processo para nova cópia. Colocar cada uma das cópias para secar em um varal ou bancada, mas não sobrepor as folhas impressas.
5. Para imprimir o verso é preciso que a frente impressa esteja completamente seca. O tempo médio de secagem é de 120 a 180 minutos, mas vai depender do clima.
Voltar para o conteúdo