EscalaTonal01a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Arte > Cor

ESCALA TONAL I

  • Entender a escala de tons das cores e neutros é preciso entender que cada cor possui um grau de pureza – não sofrem a ação da luz ou da mistura com outra cor ou neutro e que os neutros não são cores. Nas duas situações, com a ação da luz, poderá ocorrer uma variação tonal sobre o corpo de um elemento em função:

1. Das sombras – própria ou projetada;

2. Das áreas mais ou menos iluminadas.

3. A segunda possibilidade ocorre pela mistura entre:

a. duas cores – uma mais clara e uma mais escura;
b. uma cor e um dos neutros;
c. ou ainda, a mistura entre dois neutros.


A Escala de Tons trabalha com porcentagem para identificar cada um dos tons de acordo com sua variação do claro para o escuro. Os valores são identificados a partir do tom mais claro - 100%, até chegar ao mais escuro – 0%. O índice de 100% refere-se ao tom de uma cor que tenha o maior poder de reflexão e intensidade.
Veja na figura os exemplos de:

4. A Escala Tonal de uma cor que inicia no tom mais claro desta, passa por ela e termina no mais escuro.

5. Pela variação de uma cor, iniciando no branco, passando por ela e terminando no preto.

6. Iniciada no branco, surgindo os tons de cinza e culminando no preto.

7. Por fim, uma escala tonal a partir da mistura entre duas cores, iniciada pela cor mais clara, até chegar à mais escura.

Voltar para o conteúdo