Encadernação01b - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Arte > Artes Grárficas > Encadernação
Título - II
Material:
(A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos).
Cuidados e Sugestões
(Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes).
  1. Folhas a serem encadernadas.
  2. Grampeador e grampos.
  3. Duas folhas de papel um pouco mais grossa, como o sulfite de 90 g/m2 ou no máximo 180 g/m2. Por encadernação.
  4. Capa em papel mais grosso.
  5. Martelo pequeno (tipo de sapateiro).
  1. O livro poderá ser produzido manualmente, impresso em qualquer uma das técnicas, impresso no computador ou fotocopiado.
  2. Esta técnica é mais simples que a da "Fase A", porém também permite um projeto de restauração de publicações, como: gibis, revistas em geral, livros pequenos etc.
  3. Este trabalho poderá ser integrado com outras técnicas existentes, como a marmorização, texturização, entre outras.
Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto. 
Pré-produção (Antes)
1. O processo de encadernação proporciona uma série de trabalhos paralelos, um deles é a pesquisa sobre o conhecimento, como e por que estudar. Um livro recuperado poderá levar a uma peça de teatro, a produção de um vídeo ou de fotografia, hoje com custo barateado pelo advento da fotografia e vídeo digital. O tema do livro também poderá ser parte de um projeto. Por fim, a encadernação de um livro produzido pelos alunos, com ou sem imagens. 
Produção (Durante)
2. Nesta fase realiza-se a encadernação, todo processo, porém, esta não deverá ser a única ação. Durante a encadernação é importante desenvolver uma discussão sobre a preservação dos livros e sua importância para o crescimento humano.
Realizar um trabalho, caso a sua escola não a tenha, de uma Sala de Leitura ou até um projeto mais ousado, uma sala multimidiática. Lembre-se que o livro, o caderno, a revista, jornal, são é mídias, não apenas os eletrônicos.
Pós-produção (Após)
3. Tendo condições, é importante levar este trabalho para a comunidade de diversas maneiras, por exemplo, realizar uma apresentação ou curso para a comunidade em uma praça pública, no salão paroquial da igreja de sua localidade, ou mesmo, na escola. Os professores serão os alunos e a comunidade os alunos. Esta é uma oportunidade de integração e uma maneira dos integrantes da comunidade ganharem um dinheiro extra. Não se encaderna apenas livros, mas agendas, diário etc.
PROCESSO (FASE A)
— Esta sugestão de encadernação é bastante simples e ideal para trabalhos com poucas folhas. No máximo 50 folhas se o grampeador for grande, caso contrário, no máximo 15 folhas. —
1. Junte as folhas a serem encadernadas sem a capa. A capa será do mesmo tamanho que o livro.
2. Alinhar as folhas batendo-as e grampeá-las (lado esquerdo), sem a capa. O ideal é colocar pelo menos 8 grampos.
3. Caso queira um acabamento melhor, a capa, poderá ser plastificada com filme plástico adesivo transparente ou cristal.
4. Com muito cuidado amasse os grampos com a ajuda do martelo de sapateiro. Esse ato evita que os grampos fiquem em um nível acima do papel.
5. Pegar as folhas especiais (mais grossas) e colar sobre os grampos. No máximo meio centímetros. Repetir no verso.
6. Pegar a capa e colar sobre esta folha, mas para que não se forme bolha ou ruga espalhar muito bem a cola. Repetir o processo no verso. Cuidado para não colocar o livro de ponta cabeça. Seu Livro está encadernado!
Voltar para o conteúdo