DinoIsopor01a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Como Fazer > Bonecos
 
Dinossauro - Bandeja de Isopor - I
Material:
(A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos).
Cuidados e Sugestões
(Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes).
  1. Bandeja de isopor.
  2. Tesoura pequena ou estilete (só para adultos)
  3. Lápis preto grafite.

Opcionais
  1. Tinta plástica para isopor.
  2. Pincéis.
  3. Pano para limpeza.
  4. 2 potes para água.
 
 
 
• Usar estilete apenas com os adultos.
• As tesouras escolares são geralmente muito ruim (essas distribuídas por prefeituras e estados), por essa razão sugerimos as melhores e mais firmes, pois facilitam o cortem do isopor.
• É um trabalho simples e que pode ser feito com papelão, madeira compensada, plástico etc. Ideal para qualquer fase do processo educacional.
• Qualquer tipo de dinossauro, mas também outros animais e pessoas podem ser produzidos com essa técnica de modelação e recorte.
• Também edificações, monumentos históricos, veículos etc.
Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto. 
Pré-produção (Antes)
1. Nesta fase é importante e necessário fazer uma boa pesquisa, até assistir filmes ou documentários sobre o tema. Também trabalhar o reaproveitamento de material, como é o caso das bandejas de isopor, estas poderão virar brinquedos, enfeites etc. A criatividade é necessária nessa fase, por esse motivo é fundamental motivar o aluno para a escolha do animal (dinossauro) que confeccionará. Evitar apresentar modelo pronto. O ideal é o aluno pensar em um projeto, ou seja, elaborar os encaixes. Não é necessário régua para este projeto, pois não há proporcionalidade.
 

Produção (Durante)
2. Agora chegou o momento de confecção do boneco. É importante ter em mãos todo material necessário. Recortar as formas que darão origem ao animal e com cuidado as áreas de encaixe. Fazer o trabalho com muita atenção e evitar cópia. Os alunos precisarão acompanhar com detalhe seu projeto, mas caso surja uma outra solução ela também poderá ser realizada, mas o professor, deverá antes problematizar, para que o aluno busque soluções próprias para seu projeto.
Pós-Produção (Depois)
3. O momento final deve estar associado a uma exposição, debate, seminário, porém o mais importante é o aluno ter oportunidade de explicar seu projeto, que pode ser escrito, desenhado ou ambos. Criar para a exposição um cenário para colocar os bonecos complementa o trabalho. Estes podem ser personagem de apresentação de slides, animação stop motion, slides show etc.
PROCESSO (FASE A)
Tenha todos os materiais em mãos antes de iniciar o trabalho.
 
1. Garantir que as bandejas estejam limpas e secas. As quebradas poderão ser utilizadas para a confecção de peças menores.
 
2. Todas as partes da bandeja poderão ser utilizadas, inclusive as laterais. As sobras poderão ser utilizadas por outros alunos e até mesmo para confeccionar outros bonecos.
3. Desenhar as partes do dinossauros ou recortá-las direto, sem o desenho.
4. Durante o recorte separar de maneira organizada cada uma das peças. Cortar com cuidado a área de encaixe, sua largura deverá ser um pouco menor do que a espessura da placa. As duas peças terão o vão de encaixe igual em tamanho e largura.
5. Iniciar o encaixe das peças, mas com muito cuidado para não quebra-las. Refazê-las caso sejam danificadas.
6. Concluída a montagem o boneco poderá ser pintado, mas caso desejar, deixa-lo como está.
7. As três próximas imagens apresentam vistas diferentes do boneco.
9. Essas duas últimas imagens apresentam a possibilidade da animação stop motion.
Voltar para o conteúdo