Bon Prend Roupa01a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Como Fazer > Bonecos
 
Boneco de Prendedor de Roupa - I
Material:
(A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos).
Cuidados e Sugestões
(Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes).
 
 
• Prendedor de roupa de madeira (melhor opção). Um por aluno.
• Fita adesiva ou crepe.
• Papel Cartão ou cartolina.
• Lápis de cor ou tinta guache (pincéis finos).
• Lápis preto.
  1. Trabalho indicado para todas as séries/anos e qualquer idade.
  2. Qualquer disciplina poderá fazer uso destes bonecos.
  3. Para pintura pode-se usar lápis de cor, mas a tinta guache dá maior destaque para os bonecos, pois estes são pequenos.
  4. Usar de preferência pincel fino nº 6.
 
Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto.
Pré-produção (Antes)
 
 
• Ao iniciar o projeto fazer uma pesquisa sobre o tema gerador do processo, por exemplo, pássaros. Cada trabalho deverá ser seguido de um projeto desenvolvido pelo próprio aluno, por esse motivo é interessante que o professor já tenha um ou mais modelos para exemplificar, mas sem o acabamento da face/cara. Após o projeto o professor colocará a disposição dos alunos como confeccioná-los. É importante que o aluno pinte o rosto/cara antes de encaixá-lo no prendedor.
Produção (Durante)
 
 
• Iniciada a produção do boneco é importante que o professor lance problematizações e questionamentos para que o aluno busque soluções. Sempre relacionar a produção ao tema gerador para que ele, aluno, tenha consciência do que está produzindo. Evitar que um aluno faça o trabalho de outro, todos são capazes.
Pós-Produção (Depois)
 
• Os trabalhos poderão ser expostos, não apenas para os alunos, mas para toda a comunidade escolar, apresentar uma peça teatral com bonecos, produzir uma animação stop motion, promover curso para a confecção do boneco para a comunidade escolar ou uma instituição de caridade ou mesmo pública que atenda crianças etc.
PROCESSO (FASE A)
 
Tenha todos os materiais em mãos antes de iniciar o trabalho.
 
O trabalho poderá ser iniciado com ou sem o desenho da forma (letra ou figura) desejada.
• Trata-se de um trabalho bem simples e que atende todas as idades, mas é importante fazer parte de um projeto, por exemplo, de Matemática, eles são ótimos para o ensino desta disciplina. Uma oportunidade para fazer um estudo sobre os materiais utilizados.
• Abaixo, a sequência do trabalho.
1. Cortar a cartolina ou papel cartão em retângulos medindo aproximadamente 3 cm de altura e 2,7 cm de largura.
2. Recortar o centro do cartão no tamanho da ponta do prendedor de roupa.
3. Encaixar com cuidado para verificar se o tamanho é o ideal, mas logo em seguida retirá-lo. Nesse momento o aluno irá desenhar e pintar a imagem da face/cara/rosto do animal, pessoa e até ave.
4. Após o desenho e a pintura, se for guache é preciso aguardar a secagem, encaixar o cartão no prendedor e na parte traseira fixá-lo com uma fita adesiva ou crepe.
5. Exemplos dos bonecos prontos.
6. Detalhe de um dos bonecos.
7. A boca deste boneco é articulável como você já deve ter percebido, portanto, é possível criar animações interessantes. Com um fundo e piso preto, uma luva também preta, quando o animador segurar o boneco está se confundirá com o fundo e o piso, possibilitando resultados impressionantes, caso tenha uma camiseta ou camisa preta de manga comprida o resultado ainda será melhor. O cromaqui (chroma key) também pode ser utilizado, tudo verde, por exemplo, neste caso o fundo/piso poderão ser substituídos, mas será necessário um sistema de iluminação bom, inclusive para o fundo e o piso para unificar a cor, ou seja, não haver variação tonal nestes em função da variação da luz.
Voltar para o conteúdo