Barco a Vela01a - ArteEducarJun15

Seguindo em frente a 16 anos!
Ir para o conteúdo
Como Fazer > Artesanato
Papelãografia - I
Material:
(A relação fornecida abaixo está descrita em partes para facilitar a produção na quantidade que será necessária para o trabalho com os alunos).
Cuidados e Sugestões
(Para que se obtenha bons resultados é necessário alguns cuidados e este quadro tem esta função, pois além dos cuidados com o produto também existe o cuidado com os alunos. Algumas receitas exigem o uso de fogo, produtos químicos, ferramentas elétricas, entre outras possibilidades, e elas poderão causar acidentes).
  1. 3 bandejas de isopor.
  2. Tesoura.
 

• Essa proposta serve para qualquer idade usando uma tesoura sem ponta. Como o isopor é de fácil corte não há a possibilidade de se ferir durante o recorte.
• Em vez dos encaixes é possível usar cola para isopor, mas nesse caso recomendamos para alunos maiores e do final do Fund. I, Fund. II, Ensino Médio e Universitário.
• A cola de isopor demora algum tempo para secar, por essa razão é recomendado passa a cola nas duas áreas a ser coladas, aguardar alguns minutos e só então colá-las.
• O recorte com a tesoura é mais ágil e eficiente, pois bastará preparar os encaixes das peças, porém, existe a possibilidade de se colar as peças encaixadas, garantindo desta maneira um objeto mais resistente.
• Pode-se usar placa de isopor, papelão, madeira, cartolinha, papel cartão, lâmina plástica, embalagem de garrafa pet etc.
Como já foi descrito, nosso objetivo é a reflexão e um trabalho a partir de projeto, por este motivo este item, “Ato Pedagógico” irá descrever uma maneira de trabalhar com a receita disponibilizada a partir de um projeto. 
Pré-produção (Antes)
• A primeira fase deve ser seguida de uma boa pesquisa, de debate e informação sobre o material utilizado, placa de isopor, papelão, papel cartão etc. Também é importante fazer pesquisa sobre o reaproveitamento de material para experiências em sala de aula. Previamente também fazer uma boa pesquisa sobre como o barco flutua, seu formato, a propulsão à vela, motor elétrico ou com combustível, a remo etc. Uma pesquisa interessante é o das formas das embarcações desde a Pré-história até os nossos dias. Criar o projeto em desenho das peças que serão encaixadas. Não permitir cópia do nosso modelo.
Produção (Durante)
• A primeira fase deve ser seguida de uma boa pesquisa, de debate e informação sobre o material utilizado, placa de isopor, papelão, papel cartão etc. Também é importante fazer pesquisa sobre o reaproveitamento de material para experiências em sala de aula. Previamente também fazer uma boa pesquisa sobre como o barco flutua, seu formato, a propulsão à vela, motor elétrico ou com combustível, a remo etc. Uma pesquisa interessante é o das formas das embarcações desde a Pré-história até os nossos dias. Criar o projeto em desenho das peças que serão encaixadas. Não permitir cópia do nosso modelo.
Pós-Produção (Depois)
• Nesta etapa é importante fazer um exposição com os trabalhos produzidos, fazer experiências, contar histórias, fazer dramatização, dar curso parta os demais alunos ou em instituições para alunos especiais, carentes ou abandonados.
PROCESSO (FASE A)
Tenha todos os materiais em mãos antes de iniciar o trabalho.
 
O trabalho deverá ser iniciado a partir de um projeto.
• Para iniciar é importante garantir a qualidade das bandejas.
• Cortar com cuidado para não perder a bandeja.
• Após cortar cada uma das peças separe-as.
• Ao cortar as áreas de encaixe, verificar se estes estão do mesmo tamanho, pois caso estejam menores a peça poderá quebrar-se ou soltar-se se mais largos.
• Seguindo o seu projeto, cada aluno deve montar com cuidado sua embarcação.
 
• O modelo da embarcação vai depender do projeto de cada aluno, por essa razão não é recomendável que o professor nessa etapa faça algum tipo de comparação. Esse tipo de análise, nessa etapa deve ser do aluno.
• Com bandejar de cor diferente há a possibilidade de criar embarcações com cores diferentes, como no exemplo, mas caso não as tenha pode-se pintar as peças com tinta artesanal ou específica para isopor.
• Bom trabalho!
Voltar para o conteúdo